quinta-feira, 29 de maio de 2008

Dance conforme a música.

E essa é minha vida
Dizer que sou alguém.
Alguém que não sou.
Alguém que eu queria ser.
A gente vai levando, vivendo
apanhando, até que a gente aprende
que a vida segue seu curso,
como uma música tocando.
E, cara, eu descobri que
não importa o que está tocando
eu estou dançando.
E, com uma música tocando
eu tenho que dançar conforme a música,
sem errar a coreografia.
Porém, que graça tem uma coreografia
sem contra tempo?
Ficar nervoso e errar é normal,
nem se esforçar pra aprender a coreografia
é burrice.
E é tão fácil lembra,
pra tudo ficar bonito,
basta se inspirar,
se não em algo, em alguém, se não em alguém,
basta se inspirar em você.
A vida é sua,
ache inspiração pra dançar a própria música,
senão quem sofre é você.
Só não se esqueça,
quando chegar ao final da coreografia,
pezinho pra trás, mão no peito,
cabeça abaixada
e na cabeça, o simples pensamento:
"Obrigado, meu Deus, deu tudo certo."
E fique ali,
até todo mundo terminar de aplaudir.

Um comentário:

Steferson disse...

uowh! olha quem eu acho por aqui! o//
e olha o que eu acabei descobrindo: você escreve O.O
(devo dizer que, por essa eu não esperava)

bom, a palavra "contra-tempo" me fez lembrar a yuriê, e, decididamente, o que você disse tem seu sentido, otávio ^^



tá Reciclado!