terça-feira, 30 de junho de 2009

O ovo da minha marmita

Se numa marmita falta um ovo,
assim também, em mim falta você.
Pois a farofa do ovo é como
o sangue que corre nas minhas veias.
As quais, pulsam azeitonas
no seu empadão.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

O Teu Blog Merece Ser Filmado!

Ganhei meu primeiro selinho da Camilinha, doidinha que parece um animezinho, do blog: kamilagabriel.blogspot.com. Primeiro, preciso escolher 5 situações da vida para passar em câmera lenta. São elas:

1- Meu casamento;
2- Quando eu ganhar um grande prêmio;
3- Minha festa de formatura da faculdade;
4- Minha vida;
5- Momento de PAZ mundial.

Agora, oferecer o selo a 6 outros blogs:
Obrigathanks!

Encruzilhada

Hoje é domingo, pé de cachimbo (...)
Se de carro vou,
num cruzamento estou.
Mas se vou de corpo,
me encontro na vida.
No fim, dá no mesmo.

No cruzamento, os carros param
cada um tem sua preferência.
Como estou na vida, me despedaço
em prantos que vem
de onde, água, já nem mais tem.

Sem água na encruzilhada,
quem vive?
Sem água, quem vive?
Quem vive?

Já perco água, me vem comida.
Sem água não vivo,
mas, quem sabe, comida me sacie.
Sofro mutação, já não quero mais água.

E ai de quem a querer!

Espero não perder-te, comida,
como a água já perdi.
Sem água, sem comida,
perder-me-ei na vida
com sofrimento de Punto.
Pois...
"O buraco é fundo. Acabou-se o mundo."

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Sobre um palco

Já deixei de comer,
por nervosismo de subir num palco.
Já cantei,
já dancei.
Já fiz gente me aplaudir de pé.
Já fiz gente chorar.
Já fiz gente rir.
Já fiz gente dançar.
Nunca fiz gente,
mas já fui gente.
De Jesus a batedor de carteira.
Já me converti.
Já apareci na suposta TV.
Já me filmaram.
De Hip Hop a forró.

E, em meio a tanta arte,
núcleos se desencadearam.
Isso mesmo,
minha vida virou uma novela.
Talvez, quem sabe,
um dia,
eu lance um filme!
Ou um livro, por ter mais detalhes!
Aguardem.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Abri os olhos ♫

Isso me estressa!
Falas de mim,
mas nem para o próprio umbigo
refletido no espelho
tens olhado.
Nem isso.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Caso e acaso

Se bates a porta,
a porta torta
que entorta a corda,
serei feliz,
escreverei com giz
que dentro estavas
quando entortavas
a torta porta.

Mas,
se acaso fora estiver
enquanto eu, pra dentro, vier
encontrar a solidão de um xofer
como este, por ser só
triste ficarei,
talvez triste com o dado nó
que me deste com a corda
que entorta a porta.

Por isso me deixes feliz,
bate a porta.
Que escreverei com giz,
na lousa torta,
ou até mesmo na tela:
"Eu te amo, minha bela!"

OBSimp: Erro de conjugação proposital.
Licença poética ( serve pra rimar).

domingo, 14 de junho de 2009

Estressadinho de limão

E viva o Guaraná Antártica.
Quer esquecer o ovo
e refazer a cena do elevador?

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Be happy


E se eu tivesse metade do teu coração,
como tens o meu inteiro,
colocaria-o como troféu.
Metade já me bastaria,
já me iluminaria.
Mas este está preso.
E só tu tens a chave.
Abra. E eu o pegarei.